Bridal Fashion Week Spring 2017

A Bridal Fashion Week aconteceu há alguns dias e é claro que eu ia falar disso por aqui né? Pra quem ainda não notou, sou louca por casamentos… hahaha

Nesta temporada, diferente da última, os ombros cobertos apareceram em destaque, assim como os modelos super clássicos, até um pouco retrô, tecidos leves, muitas fendas e recortes estratégicos e muitos modelos curtos e mullet. Mas acho que a principal supresa foram as calças, que apareceram nas coleções de vários estilistas, trazendo certa modernidade ao visual das noivas. Obviamente todos esses detalhes se mesclam aos bordados, detalhes e ao romantismo que sempre estão presentes quando se fala em vestido de noiva.

Dá uma olhada no resumo do que foi apresentado:

Oscar de la Renta

Como as mulheres possuem os mais diferentes estilos, a grife decidiu criar peças que ficam entre o estilo ladylike e algo mais contemporâneo, deixando a extravagância original da marca para algumas peças, enquanto outras carregam esse DNA em apenas alguns detalhes.

3 1

Carolina Herrera

Carolina Herrera transita entre o fashionista e o convencional, sempre prezando pelo lado mais feminino dos dois. Rendas, laços e crepe seda anunciam uma noiva tradicional sem perder o charme particular.

1 3

Lela Rose

Simplicidade é a palavra chave aqui. Mas que fique claro, simples nem sempre é simplório e os modelos da grife mostram isso com cortes bem feitos, tecidos nobres e peças totalmente atemporais pela leveza que exalam.

1 2

Marchesa

Na Marchesa, exuberância sempre foi o tema. Com o tema dos contos de fadas, muitas flores, detalhes, rendas e apliques formam peças atuais e ao mesmo tempo remetem aos vestidos hiperbólicos da realeza do passado.

1 2

Temperley London

O estilo boêmio dá as caras aqui, com silhuetas em destaque e modelos com inspirações nas décadas passadas.

1 2

Naeem Khan

O estilista indiano recorreu ao seu país de origem para se inspirar nesta temporada. É possível ver muitos detalhes da moda indiana expressas nos modelos, porém sem os deixar caricatos.

2 3

Monique Lhuillier

A constante inspiração da grife é a natureza, sendo dessa vez o jardim do centro de Ladurée o seu cenário. Aqui as noivas são ninfas que caminham entre flores com sensualidade e mais naturais, tendo o design de princesa sido deixado um pouco de lado.

2 3

Reem Acra

O estilista descreve a coleção como “onde a tendência começa e a tradição continua.” Ou seja, temos peças com certa informação de moda bastante atuais e ainda assim conseguem ser clássicos, tornando as noivas verdadeiras princesas modernas.

1 2

Houghton

Como definir? Texturas e camadas!

1 3

Angel Sanchez

Angel Sanchez descreveu a coleção como “vestidos tradicionais com um toque moderno.” Parece uma ideia batida, porém nas mãos de quem sabe fazer, é sempre uma boa inspiração. Artesanato e tecnologia dividem espaço e formam peças que deixam espaço para a imaginação.

1 2

Anne Barge

A estilista distingue esta coleção da última dizendo que esta está mais leve, mais vaporosa. Os modelos foram feitos para uma noiva elegante, com um toque Deco.

1 2

Jenny Packham

Adoro os modelos dela! Sempre acho meigos e delicados!

A estilista buscou uma noiva não convencional, com modelos projetados para cerimônias mais despretenciosas, como para um casamento de jardim no verão. Com o tema rústico, o branco foi deixado de lado para dar lugar ao off-white.

2 3 4

Elie Saab

Meu favorito desde sempre! Aqui vou roubar e colocar muitas fotos, pois estou apaixonada!

Elie Saab não tem medo de grandiosidade, do glamour e da expressividade. Rendas, tules e bordados sempre fazem parte da coleção, porém o estilo do estilista vem sendo reinterpretado a cada temporada, trazendo modernidade nos detalhes, sem deixar de lado a essência viva das peças.

1 2 3 4 5 6

Gostaram?

Detalhes da Semana de Moda de Alta Costura de Paris

Tudo que é bom não dura para sempre né? Tentei fazer uma boa cobertura da Fashion Week que se encerra hoje, mas mesmo assim uma ou outra coisinha acaba ficando de lado, então decidi fazer um resumão com alguns detalhes da Semana de Moda de Alta Costura de Paris pra vocês, com coisas que me chamaram a atenção, que gostei e alerta de tendências. Espero que gostem!

1

Simplesmente amei o modelo dessa sandália que apareceu no desfile da Giambattista Valli! Ela apareceu em duas versões, curta e longa (quase como uma gladiadora). Gostei mais da curta e com certeza usaria muito! Chique, elegante, aquele modelo básico interessante.

2

Esse modelo de sapato da Chanel gerou burburinho. Uma mistura dos saltos tipo Anabela e Luis XV com aquele estilo cap toe tradicional da grife. O que acham?

3

A maquiagem que apareceu no desfile da Chanel chamou bastante a atenção pelo delineado gráfico. Ficou lindo na passarela, mas é facilmente adaptável para a “vida real” (querem post sobre isso?). Na minha opinião, a Gigi Hadid ficou muito gata com ela.

4

Ainda na Chanel, tivemos uma espécie de pochete moderna, estilizada, como uma bolsinha pendurada pela cintura. Curtiram?

5

A Schiaparelli veio com uma tendência que vem aparecendo bastante na beleza ultimamente, a das sobrancelhas retas. Depois de um momento onde as sobrancelhas apareceram bem curvadas e perfeitas, agora as grossas, imperfeitas e retas estão ganhando espaço. Aprovam?

6

Gostei bastante da maquiagem com esfumado metálico dramático que foi usada no desfile da Atelier Versace. Dá pra copiar bem fácil! Quero pra já! E olha a sobrancelha imperfeita e rebelde aí…

7

Também gostei bastante do delineado duplo cut crease do desfile da Armani Privé. Outra maquiagem fácil que dá pra adaptar pra nossa realidade.

8

Apaixonada pelo penteado do desfile da Valentino. Fácil de copiar e vai bem pra qualquer ocasião (quem sabe não rola tutorial? Querem?).

9

A tendência das body chains continua firme e forte como mostra o desfile da Valentino. A grife levou pras passarelas peças grandes com formas gráficas e delicadas. Gostei! Deram destaque e personalidade aos modelos desfilados…

10

Seguindo a tendência das joias desfiladas pela Valentino, no lugar de sapatos ou sandálias, as modelos usaram tornozeleiras que eram presas aos dedos assinadas por Harumo Klossowska. Gostei demaaais! Imagino as peças sendo usadas num cruzeiro, numa ilha paradisíaca ou até mesmo num casamento na praia. hahaha

11

Agora vamos aos enfeites de cabeça… A Valentino usou tiaras em forma de cobra. Bem criativo, né?

12

Já a Zuhair Murad trouxe tiaras no estilo de folhas de louro. Pra dar um clima de princesas gregas…

13

E a Elie Saab misturou peças como tiaras, diademas e até mesmo bonés, todos em pedraria. Qualquer acessório da grife fica chique, meu bem!

Gostaram?

Zuhair Murad 2016 Couture

Se tem outra grife que eu amo é a Zuhair Murad! É minha outra favorita, depois da Elie Saab. Acho que as duas, na verdade, tem até muito em comum, mas cada uma do seu jeito. Então é claro que também espero esse desfile ansiosamente né? Me apaixono por cada peça, cada detalhe. Dessa vez não podia ser diferente…

A marca trouxe para as passarelas o tema Amour-En-Cage (amor aprisionado, amor engaiolado) seu tradicional estilo com rendas, tecidos finos, transparências e muitos bordados delicados e femininos que fazem das peças verdadeiras joias. Mas para atualizar o visual, como princesas modernas, uma coleção rejuvenescida onde vieram silhuetas imponentes, muito volume nos quiadris, cortes sensuais, destaque para as pernas e camadas para um efeito tridimensional, além da cintura marcada por um cinto metálico. Seguindo a linha do tema, a armação das peças e os detalhes lembravam mesmo uma gaiola. Bem criativo! Já a tabela de cores incluía tons pastel e muito branco.

Um pouco do desfile:

1 2 3 4 6 7

A noiva:

KIM_0870

Meus favoritos:

5 8

Gostaram?

Valentino 2016 Couture

A coleção da Valentino estava linda! Os modelos, assinados por Maria Grazia Chiuri e Pierpaolo Piccioli eram graciosos, fluidos e femininos, com uma pegada de romantismo moderno, para mulheres fortes que não deixam de ser princesas. Todas as peças estavam dignas de um conto de fadas contemporâneo, lindas demais! O caminhar dava às modelos a aparência de fadas…

Um pouco do desfile:

1

Esse primeiro vestido, o lilás, levou 2 mil horas para ser feito. Sim, 2 MIL HORAS – o equivalente a 83 dias. Isso é alta-costura, minha gente…

2 3 4 5 6 7

Meus favoritos:

8

Gostaram?

Elie Saab 2016 Couture

Mal comecei o post e já estou suspirando! Trago agora pra vocês o desfile de alta costura que eu mais espero entre todos: o da Elie Saab.

1366_2000

A grife tem um jeito único que me encantou desde o primeiro modelo que vi e, desde então, fico no aguardo dos dois desfiles de alta costura como uma criança esperando o Natal. Apesar de muita gente achar a fórmula usada mais do mesmo, eu sempre acabo me apaixonando mais e me deslumbrando naquelas peças maravilhosas.

Dessa vez, a temática foi a Índia e a cor lilás, como no desfile da Armani Privé, foi a grande estrela que apareceu em modelagens diferenciadas como calças com túnicas alongadas (bem indiano isso), vestidos longos e curtos, pantalonas, mangas largas e volume dando a ideia de um sári. Ficou uma moda indiana moderna, mesclando oriente e ocidente. Rendas, tules, texturas, bordados. Um arraso!

Um pouco do desfile:

1 2 3 4 5 6

A noiva:

KIM_0929

Meus favoritos (dessa vez foram mais, por razões óbvias… hahaha):

7 8

E o meu favorito entre todos:

KIM_0585

Gente, eu COM CERTEZA casaria usando esse vestido. Sério. Me apaixonei!!!

O que acharam?

Armani Privé 2016 Couture

Mais um desfile pra vocês, agora da Armani Privé.

Dessa vez a grife trouxe para a passarela o que pode ser chamado de ode ao lilás, com uma coleção toda baseada neste tom, porém com diferentes modelagens, texturas e acabamentos nas peças, fazendo com que cada uma fosse muito singular. Um pouco de preto foi acrescentado ao final, apenas para um efeito mais dramático. Os detalhes modernos nas peças dão uma ideia de rejuvenescimento à alta costura sem deixar de lado toda a tradição clássica.

Um pouco do desfile:

2 6 5 7 3 4

Meus favoritos:

1

Gostaram?

Chanel 2016 Couture

Alta costura da Chanel é algo que a gente já fica esperando né? A grife é muito clássica, então pra inovar a cada coleção, precisa de bastante criatividade e, olha, nunca fica devendo nada! Consegue manter a tradição e ser atual ao mesmo tempo. Ponto pro Karl!

A inspiração da vez foi a estética eco norueguesa, numa mistura de texturas rústicas e brilhos, palha e rendas finas. Vestidos coluna, vaporosos e capas são as estrelas do momento, além, é claro das peças de tweed usuais.

A finalização, com as modelos parecendo estar numa casa de bonecas foi demais!

_CHA1467

Acho que só não curti o penteado à la princesa Leia… hahahaha

Um pouco do desfile:

2 3 4 5 6 7

Meus favoritos:

1

O que acharam? Estão gostando?

Alexis Mabille 2016 Couture

Espero que estejam gostando da cobertura que eu estou fazendo da Semana de Moda de Alta Costura, pois eu estou amando!

Agora temos aqui a coleção da grife Alexis Mabille, que trouxe o clássico preto e branco para a alta costura mesclando alfaiataria com muito volume e texturas diferenciadas como tecidos, rendas, tules e plumas, por exemplo. Cortes alternativos se misturaram a tendências do momento como fendas e transparências, além de bordados e capas.

Um pouco do desfile:

1 3 4 5

Meus favoritos:

2

 

O que acharam?

Giambattista Valli 2016 Couture

E aqui vem mais um desfile pra vocês!

Agora, trago a coleção de Giambattista Valli que, conhecido por seu amor às flores, dessa vez teve como inspiração as dos jardins de Paris, como o Parc de Bagatelle, o Jardin du Luxembourg, o Palácio Real e o Jardin des Tuileries. Disse ele nos bastidores que é uma espécie de agradecimento à cidade. Achei super interessante, uma temática tão delicada como esta vindo de encontro aos acontecimentos recentes em Paris. Ele conseguiu muita leveza ao trazer a luminosidade e beleza da cidade através de seu jardim em forma de trajes de alta costura.

Um pouco da coleção:

1 2 3 4 5 6

Meus favoritos:

7

Gostaram?

Dior 2016 Couture

Só mais um desfile por hoje, tá?

Agora trago a coleção da Dior, que passa por um momento de transição após a saída de Raf Simons da direção de criação, que ocorreu há 3 meses. Seu estilo vanguardista ainda não pôde ser deixado para trás, sendo levado pela equipe de estilistas da maison, com modelos clássicos revisitados para gerar composições atuais e modernas. A cartela de cores inclui tons vibrantes em arranjo com os clássicos preto e branco.

Um pouco do desfile:

1 2 3 4 5 6

Meus favoritos:

7

Apesar de ver ainda grandes referências ao estilo de Raf, gostei muito mais desse desfile do que dos anteriores. Uma moda muito contemporânea com toques tradicionais de maneira despretenciosa. Porém me pergunto se a grife vai continuar nessa linha ou se este é o último desfile deste modo que vemos, se talvez os próximos tenham uma nova cara. Aguardemos.

Curtiram?