Fazenda Capão Alto e Moinho em Castro

Como falei no look que postei ontem, há alguns dias fiz um passeio com a família até Castro, que é uma cidade próxima aqui de Ponta Grossa, que nasceu através do tropeirismo e cresceu com os imigrantes holandeses. A presença dos imigrantes não é tão forte como em Carambeí, outra cidade próxima que já falei aqui no blog, mas ainda assim é notável, principalmente com o moinho que é o principal ponto turístico dali.

Nos ó visitamos e tiramos algumas fotos…

23
13 14

A guia tocando realejo.

15 16

Para subir ao segundo andar do moinho, onde fica o museu e tem vista panorâmica paga-se uma entrada, mas decidimos não fazer, pois estava um pouco difícil subir a escada com o meu pé dolorido.

Em seguida visitamos a Fazenda Capão Alto, que é um lugar histórico muito interessante.

19

A fazenda foi criada em 1704, concedida pelo rei de Portugal para a família Taques de Almeida, mas posteriormente passou para a propriedade dos carmelitas, que além de suas funções religiosas, comercializavam o gado de Laguna até São Paulo, sendo que todo trabalho era realizado pelos escravos que ali viviam.

22

À direita, ruínas da senzala

A arquitetura colonial brasileira é incrível! A casa-grande é feita de taipa de pilão, uma mistura de madeira, pedras e barro e as paredes tem quase 1 metro de espessura!

20

Capela no interior da casa-grande

17

21

Taipa de pilão

Depois, os escravos passaram a viver na fazenda sob administração de outro escravo, com certa autonomia por mais ou menos 100 anos. Eles se diziam escravos de “Sinhara”, de Nossa Senhora do Carmo, que era a padroeira da fazenda – eles até tinham uma imagem da Santa em sua capela. Acreditavam estar cuidando dos bens da Santa e toda a administração e comércio da fazenda eram destinados a conservar seu patrimônio, sendo que os desvios de conduta eram punidos. Por fim, em 1864, os carmelitas venderam a fazenda e os escravos. Houve uma revolta e cerca de 100 escravos fugiram para os quilombos das proximidades, enquanto os outros 200 foram levados para uma fazenda em São Paulo.

Hoje a fazenda é de propriedade particular e se encontra um pouco abandonada, considerando sua relevância histórica.

Vale muito a visita!!!

Gostaram?

Comentários no Facebook

Comenta aí...